Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Saudade

saudade

Saudade. 

A palavra que só em português existe.

A palavra que me faz ter orgulho do português. A palavra que representa Portugal. A palavra que demais dizem significar muito mais do que qualquer outra. A palavra que não é dita ao acaso (deveras sua importância). A palavra que mais sinto por ti. A palavra que dá  razão a isto. A palavra que sinto ao pensar em ti. 

Depois de me deparar com a tua carta, a primeira palavra que deu sentido  foi esta, saudade. A palavra que consegue representar algo daquilo que por ti  sinto com demais ternura. Saudade tem uma definição por muitos (não  portugueses decerto): is a Portuguese and Galician word for a feeling of nostalgic  longing for something or someone that one was fond of and which has been lost.  It often carries a fatalist tone and a repressed knowledge that the object of longing  might never really return. It was once described as “the love that remains” or “the  love that stays” after someone is gone. Não portugueses decerto, saudade, tem  por muitos, uma definição. Saudade é a palavra que não tem significado um.  Saudade é a palavra que deveras sua importância significa um, para um,  significa outro, para outro, significa isto, para isto, significa aquilo, para aquilo,  significa para mim, tu. 

Saudade para mim é, ter-te ali e não te ter perto o suficiente; ter-te aqui e  precisar de ti; ter-te no meu coração e mesmo assim não estares o presente que  preciso. Saudade é algo que não sinto (ou pensava não sentir). Saudade é, aquele bicho que me diz o quão necessito de deveras pessoa. Saudade é, olhar  para ti, paralisar-me e não deixar de pensar em ti. Saudade é, todas as vezes  que cruzámos olhares e os desviámos. Ainda saudade é, tudo isto contido,  guardado, mas sempre aberto coração de vidro. Coração de vidro que bombeia  as palavras imensas que me passam pela cabeça que me lembram de ti.  Coração de vidro que bombeia “the love between the two of us” who now it might  be celebrated. Glassed heart who is always open to pump more words. Glassed  heart who is always open to pump more feelings (being feelings something as  inexplicable as saudade). Glassed heart who is always open to pump more of  you. Glassed heart who is always open to pump more of me. Glassed heart who  is always ready to pump more of us.

Saudade és tu. Saudade é o em tempos virão não te ter. Saudade são  todos os ir e vir. Saudade é o bater que me dás. Saudade é o pensar em ti e  deixar de pensar em coisa alguma. 

Tu. 

 

4 comentários

Comentar