Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Como se faz... um show de transformismo (reportagem fotográfica)

fotoreportagem finalmente club stefani duvet samantha rox luis campos da costa

A discoteca Finalmente celebrou, em 2016,  40 anos de existência. É neste espaço exíguo, no coração do Príncipe Real, que decorre o único espectáculo diário de transformismo em Portugal. Por volta das 3 e meia da manhã as cortinas abrem-se e ali se assiste a um espectáculo de artes cénicas que leva a audiência, noite após noite, ao rubro.

 

Os melhores de 2017 (e algumas desilusões)

 

PREMIOS DEZANOVE 2017.png

Pelo oitavo ano consecutivo voltamos a premiar os melhores, mas também não nos esquecemos dos piores do ano. Distinguimos as personalidades e acontecimentos que marcaram o panorama LGBTI ao longo de 2017, depois de termos analisado mais de 400 artigos escritos nos últimos 12 meses.  

Fica a conhecer os vencedores dos prémios LGBTI mais completos do país:

 

“Se tenho a possibilidade de ser quem quero, enquanto artista drag, porque não o fazer?”

CHER Miss Drag Lisboa Crédito: Adam Moço

Entrevistamos Cher No-Billz, uma das concorrentes a Miss Drag Lisboa. Fala-nos sem preconceitos sobre a estética da sua personagem, de como lida com a questão de género no seu trabalho entre outras curiosidades.

 

 

Exposição em Lisboa para assinalar o Dia Internacional da Despatologização Trans

exposição Trans António Pedro Almeida.jpg

Com o propósito de assinalar o próximo Dia Internacional da Despatologização Trans (22 de Outubro), o fotógrafo António Pedro Almeida inaugurará uma exposição de fotografia no Centro LGBT, em Lisboa, pelas 21h30.

 

Nasce em Portugal um novo troféu internacional para o melhor do transformismo

crédito da foto: Pauliana Valente Pimentel

Valorizar a arte do transformismo com a atribuição de um galardão internacional é o objectivo do Finalmente Club, o mais antigo clube nocturno de transformismo da capital. A iniciativa Troféu Finalmente - Prémio Internacional de Transformismo e Artes Cénicas irá distinguir uma figura nacional ou internacional que cruze diferentes disciplinas e defenda Direitos Humanos, em particular, da comunidade LGBTQIA. O júri é composto por Fernanda Câncio, Inês de Medeiros e Fernando Santos, entre outras figuras públicas.

Ali Franco: “Disseram-me que não teria futuro se não mudasse a minha maneira de ser”

Ali Franco.jpg

Entre pinceladas nas telas com elevado homoerotismo, Ali Franco respondeu às perguntas do dezanove.pt.  A sua prioridade é terminar uma série de quadros para tentar organizar, em breve, a sua primeira exposição em Lisboa. Os seus trabalhos versam sobre as barreiras de género, pessoas transgénero e gays, numa tentativa de fugir às habituais representações destas realidades.

Thomas Mendonça: “Surreal é a própria vida”

Thomas3.jpg

Thomas Mendonça está de regresso ao mundo das exposições com um novo trabalho intitulado “Surreal é a própria vida”. A inauguração terá lugar dia 9 de Julho, pelas 20 horas, na Ribeira - Primeiros Sintomas, em Lisboa, e estará patente até dia 31 de Julho. O artista abriu as portas de sua casa para mostrar parte do seu trabalho e conversar com o dezanove sobre o mesmo.

(Des)Igualdade: a luta pela igualdade através da fotografia  

 

Inês Monteiro Daniel Beiçudo Desigualdes Fotogra

“As lutas contra o preconceito fazem-se de diversas formas mas, no final, tudo ajuda na mudança. Até os gestos mais pequenos que possam, à primeira vista, parecer irrelevantes.”

Foi através deste pensamento que Inês Costa Monteiro e Daniela Beiçudo, duas jovens namoradas que formam um casal, criaram o projecto fotográfico (Des)Igualdade: duas namoradas, duas máquinas fotográficas.

 

 

O que diz aquele mero pedaço de corpo?

Tales Frey (Cia. Excessos), "Por Favor, Não Tocar". Performance realizada no Porto, Portugal.  Outubro de 2015. Fotografia de Paulo Aureliano da Mata.

Felizmente, observamos uma intensa ascensão da teoria e política Queer no nosso contexto actual e, obviamente, o interesse pelos preceitos que envolvem essa corrente referida está diametralmente relacionado ao também crescente movimento de um conservadorismo fanático/retrógrado/repressor que, lamentavelmente, tem tomado força e conquistado um número significativo de adeptos.

Guida Scarllaty: “No tempo do PREC os políticos e membros do Conselho da Revolução iam assistir aos nossos espectáculos de travestismo”

Guida Scarllaty 3.jpg

Está a comemorar 40 anos de carreira e é um dos nomes mais sonantes da arte do travesti em Portugal. Cruzou fronteiras e voltou. Agora dá cartas na sua arte todas as semanas no bar-concerto Inda a Noite é Uma Criança, na Praça das Flores, em Lisboa. Define-se como “um cidadão normal, que lutou por um lugar ao Sol, como tantos lutam mas não conseguem”. Chegou a hora de saber mais sobre Guida Scarllaty, a personagem levada a cabo por Carlos Ferreira, e que muitos consideram a rainha da noite de Lisboa.

Suelly Cadillac mostra-nos que as diferenças são apenas uma ilusão (vídeo)

suelly cadillac raul oliveira tranformismo.jpg

Quando vamos na rua e somos confrontados com a diferença, tecemos pensamentos e juízos da valor sobre o que vemos. Esta atitude, por si só, é positiva, uma vez que estamos apenas a racionalizar o que vimos. O problema está quando o preconceito conduz a juízos de valor errados, que levam a atitudes discriminatórias.