Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

Em Portugal e no Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Identidades: Drag e não binarismo

mary poppers

O meu nome é João Caldas, conhecido por ser um defensor dos direitos das pessoas que usam drogas e experiência na área de redução de danos. Mas também sou, e provavelmente muito mais conhecido, como o meu alter ego, Mary Poppers. Uma drag de barba, tanto divertida como agressiva, sex and body positive, com uma postura política fincada na existência como resistência. E hoje falo convosco sobre tudo isto, mas trago para a mesa um assunto que me tem inundado a cabeça, sobre o qual ainda estou a criar pensamentos e diálogos, criados muitas vezes pelo João e pela Mary; o não binarismo como identidade de género. 

Dark rooms: cultura LGBTQI+ às escuras?

Carlos Marinho opinião.png

Muito antes do Manhunt, do Grindr, do Scruff, ou do Tinder redefinirem as possibilidades de articulação entre homens gays, já os dark rooms – e outros espaços de cruising (saunas, bares, drag balls, discotecas) – existiam como espaços de construção de cultura, de fomento político-ideológico, e de resignificação das identidades LGBTQI+.