Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Arraial Pride: DJs Sindykatz falam em desigualdade e anunciam a sua retirada do cartaz

DJs Sindykatz.jpeg

Pouco depois do cartaz do próximo Arraial Lisboa Pride ser apresentado, as DJs Sindykatz anunciaram a sua retirada do evento. A dupla de DJs Sindykatz (Mariana de Carvalho e Luma Amorim) falam em "desigualdade" por parte da organização.

 

Num comunicado enviado à imprensa a dupla de DJs informa que tinham aceitado actuar no evento em regime pro bono à semelhança dos restantes artistas nacionais. Segundo o mesmo comunicado a excepção só seria feita para os artistas internacionais. É no mesmo comunicado que Mariana de Carvalho e Luma Amorim, que têm no currículo a presença em inúmeros eventos como as Íntima Party, festas Society ou o festival Circuit em Barcelona, dão a conhecer que haverá outros artistas nacionais a receber cachet pois actuarão em horário nocturno. “Um evento que apela à igualdade não pode tratar de forma desigual artistas que se disponibilizam para contribuir ‘pro bono’ para a causa de boa fé acreditando que todos têm as mesmas condições que foram comunicadas pela organização às Sindykatz, como tal e não havendo entendimento, as Sindykatz não irão compactuar com a desigualdade” pode ler-se. Entretanto a organização já retirou a referência à dupla de DJs portuguesas do programa disponível no Facebook. O Arraial Pride é organizado pela associação ILGA Portugal, está previsto para 24 de Junho e conta, neste momento, com Kátia Aveiro e uma série de outros artistas portugueses em cartaz.

1 comentário

Comentar