Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Ministério da Saúde diz que proibição de doar sangue é para manter

O governo não pretende mudar os critérios de forma a que os homossexuais e bissexuais possam ser dadores de sangue, apesar de, em 2010, a Assembleia da República ter aprovado uma resolução em que eram pedidas medidas que pusessem fim à discriminação.

Em resposta a uma pergunta colocada recentemente pelo Bloco de Esquerda, o Ministério da Saúde argumenta que impedir homo e bissexuais de doar sangue não é "uma questão de homofobia mas tão-somente de proteger a segurança dos receptores", acrescentando que "as estatísticas têm demonstrado que homens com este comportamento têm taxas de infecção por HIV e pelo vírus da Hepatite B, por exemplo, bastante superiores às da população em geral", pode ler-se na resposta a que o dezanove teve acesso.
O Ministério da Saúde acrescenta que "uma esmagadora maioria dos países nega a estes indivíduos a possibilidade de dádiva". Além disso enumera alguns exemplos de países com limitações semelhantes às existentes em Portugal, como a Áustria, Bélgica, Dinamarca, EUA, Finlândia, França, Alemanha, Holanda, Noruega e, até há pouco tempo, o Canadá. São "países conhecidos pelo rigor científico da sua investigação e cuja convergência de posições dificilmente resultaria simplesmente de uma atitude conservadora ou preconceituosa", refere a mesma missiva.
O tema foi recentemente abordado na telenovela "O Beijo do Escorpião" da TVI, onde o casal homossexual teve de omitir a sua orientação sexual de forma a que pudesse doar o seu sangue para tentar salvar outra personagem da novela.

11 comentários

Comentar