Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Mulher de 99 anos bate recorde do mundo nos 100 metros em competição gay (com vídeo)

Ida Keeling, que já é tetra-avô, tornou-se a primeira pessoa no mundo a completar uma prova internacionalmente certificada de 100 metros sprint na categoria 95-99 anos de idade. A conquista decorreu durante os Gay Games, que estão a decorrer em Cleveland (EUA) até este Domingo.

Ida Keeling, de 99 anos, vestiu umas calças de licra e calçou uns ténis e terminou a prova em 59,8 segundos, um pouco distante do recorde mundial na posse de Usain Bolt que tem a marca de 9,58 segundos. Mesmo assim, na sua faixa etária Ida Keeling é a detentora do título.

Esta foi a primeira prestação de Ida Keeling nos Gay Games. A prova desportiva começou em San Francisco no ano de 1982. A sénior Keeling até brinca com a idade das participantes mais novas: “Sinto-me muito mais nova do que elas”, pode ler-se no site Pink News. À mesma publicação, a filha de Ida, Shelley Keeling declarou: “A minha mãe é fantástica, até eu ficou surpreendida e tenho de admitir. É um ser humano notável.” Segundo a filha, a mãe encara os Gay Games “como uma outra corrida qualquer”. Este não é apenas o primeiro recorde de Ida Keeling. Em 2011 bateu o recorde dos 60 metros sprint com o tempo de 29,86 segundos.

Antes da prova, a atleta referiu: “Sinto-me fresca como uma alface. Sinto-me agora mais nova do que quando tinha 30 ou 40 anos. Sentia-me bem e leve e disse: ‘Isto é mesmo para mim. Todos os anos se me sinto bem, lá vou eu!'”