Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Filme "Variações" recebe 7 Sophias

filme variações.jpg

A Academia de Cinema Português entregou finalmente ontem à noite os prémios Sophia. Os filmes "Variações" e "A Herdade" foram os grandes vencedores da noite, repartindo os prémios principais e recebendo 7 Sophias cada um.

A cerimónia, que esteve marcada para Março, mas foi cancelada devido à pandemia, aconteceu ontem à noite, 17 de Setembro. Num ano atípico a gala apresentada por Ana Bola e Joana Pais de Brito decorreu no Casino do Estoril, cumprindo todas as normas e medidas de segurança. A tónica dos discursos não variou muito entre os vencedores, para além dos agradecimentos habituais houve várias farpas ao governo pela "falta de apoio" dada aos profissionais das artes. Paulo Branco, produtor de “A Herdade”, ao receber o prémio para Melhor filme recusou aceitá-lo pedindo o fim das “pequenas guerrilhas” no cinema português.

O filme sobre António Variações, de João Maia que tinha 18 nomeações recebeu os Sophia para Melhor Actor (Sérgio Praia), Melhor Actor Secundário (prémio póstumo para Filipe Duarte), Melhor Som (Tiago Raposinho, Branko Neskov, Joana Niza Braga e Nuno Bento), Melhor Banda-Sonora Original (Armando Teixeira), Melhor Canção Original (“Quero Dar Nas Vistas”, de Armando Teixeira), Melhor Maquilhagem/Cabelos (Magali Santana, Alexandra Espinal e Gena Ramos) e Melhor Guarda-Roupa (Patricia Dória).

 

O documentário "Até que o Porno nos Separe”, de Jorge Pelicano e a comédia surrealista "Diamantino", de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, também receberam um prémio cada um. O primeiro recebeu o Sophia para Melhor Documentário e o segundo o Sophia para Melhores Efeitos Especiais/Caracterização, atribuído a Irmã Lúcia e João Rapaz.

 

Trailer de “Variações”:

 

Vê a lista completa dos Prémios Sophia 2020:

Melhor Filme: “A Herdade”;

Melhor Realização: Tiago Guedes por “A Herdade”;

Melhor Actriz: Sandra Faleiro “A Herdade”;

Melhor Actor: Sérgio Praia por “Variações”;

Melhor Actriz Secundária: Ana Vilela da Costa em “A Herdade”;

Melhor Actor Secundário: Filipe Duarte, em “Variações”;

Melhor Argumento Adaptado: Tiago Rodrigues e Tiago Guedes, por “Tristeza e Alegria na Vida das Girafas”;

Melhor Argumento Original: Rui Cardoso Martins e Tiago Guedes por “A Herdade”;

Melhor Documentário: “Até Que o Porno nos Separe”, de Jorge Pelicano;

Melhor Série ou Telefilme: “Sul” de Ivo M. Ferreira e Edgar Medina;

Melhor Direcção de Fotografia: João Lança Morais por “A Herdade”;

Melhor Som: Tiago Raposinho, Branko Neskov, Joana Niza Braga e Nuno Bento, “Variações”;

Melhor Montagem: Roberto Perpignani por “A Herdade”;

Melhor Direcção Artística: Artur Pinheiro por “O Grande Circo Místico”;

Melhor Banda-Sonora Original: Armando Teixeira, por “Variações”;

Melhor Canção Original: “Quero Dar Nas Vistas”, de Armando Teixeira por “Variações”;

Melhor Maquilhagem/Cabelos: Magali Santana, Alexandra Espinal e Gena Ramos por “Variações”;

Melhores Efeitos Especiais/Caracterização: Irmã Lúcia e João Rapaz por “Diamantino”;

Melhor Guarda-Roupa: Patricia Dória por “Variações”;

Melhor Curta-metragem de Animação: ‘Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias’, de Regina Pessoa;

Melhor Documentário Curta-Metragem: ‘Raposa’, de Leonor Noiva;

Melhor Curta-Metragem de Ficção: ‘A Fábrica’, de Diogo Barbosa;

Sophia Estudante: ‘Loop’, de Ricardo Leite da Escola Superior de Media Artes & Design;

Prémios Nico 2020: Gonçalo Almeida; João Nunes Monteiro; Maria Abreu.