Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Meia dúzia de livros infantis que educam para a diversidade

livros infantis lgbti.jpg

A quarentena já passou, mas é sempre tempo de ler livros aos mais novos. A somar à nossa dúzia de livros infantis com todas as cores do arco-íris, apresentamos agora mais seis títulos que nos educam a respeitar as diferenças. Boas leituras!

 

 

CAPA_todos_fazemos_tudo-600x597.jpg

Todos Fazemos Tudo 

Mais um jogo do que um livro, prescinde da escrita para abordar o tema da igualdade de género. As ilustrações são de Madalena Matoso e dividem-se em dois “quadros”: na parte superior, aparecem as personagens; enquanto na parte inferior surgem as acções.
As personagens são diversas, contando com diferentes cores de pele, identidades, idades ou origens. Já as acções também elas díspares: abordam coisas “tipicamente masculinas” e “tipicamente femininas” mas também tarefas domésticas, tarefas profissionais e momentos de lazer.
A magia só acontece quando o leitor pega na sua imaginação e explora as mais distintas possibilidades, conseguindo provar a si próprio que “Todos Fazemos Tudo”.
A edição é da Planeta Tangerina que já nos habituou às suas maravilhosas ilustrações.

 

Monstro-Rosa-CAPA-SD-600x547.jpg

Monstro Rosa
Um monstro cor-de-rosa, que “antes de nascer, já era diferente dos outros”
A procura por um sítio melhor, a aceitação da diversidade e a conquista da liberdade são temas que, de uma forma muito simples, são abordados neste livro protagonizado por este amigo peludo e cor-de-rosa, que, de uma forma ou de outra, retrata um bocadinho de nós nalguma altura da nossa vida. Olga de Dios é a autora e a edição pertence à Livros Horizonte. Este livro faz parte do Plano Nacional de Leitura.

 

PBSC_loja.jpg

Palavras bonitas sobre contas
“Se olharmos para a maioria dos bichos, não distinguimos se são meninas ou meninos” é o mote que nos leva a viajar e reflectir o género, de uma maneira muito simples com exemplos muito práticos, e que, de uma forma ternurenta, nos apaixona a cada página. Da autoria de Valter Hugo Mãe (Prémio Literário José Saramago 2007) este livro tem a chancela da Tcharan Editora.

 

 

O Jaime é uma sereia

O Jaime é uma sereia
No dia em que vê três mulheres vestidas de sereias no metro, tudo muda. O Jaime fica maravilhado. Quando chega a casa, só consegue pensar numa coisa: tornar-se também ele uma sereia. Mas o que irá dizer a avó? Belo e terno, o livro de estreia de Jessica Love é uma maravilhosa celebração da individualidade e uma vitória do amor incondicional. Uma história sobre a felicidade de podermos ser amados como somos.
Da 20|20 Editora este livro pertence ao Plano Nacional de Leitura e já foi galardoado com o Prémio BolognaRagazzi, da Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha, na categoria Opera Prima - reservada para trabalhos de autores ou ilustradores que publicam pela primeira vez.

 

CAPA_ca_em_casa-600x669.jpg

Cá em casa somos...

Mais um livro da Planeta Tangerina. A história começa com seis cabeças “cada uma a pensar nas suas coisas” e vai sendo contada à medida que são feitas as contagens. Neste livro, a Matemática ajuda a contar não apenas ossos, dentes ou unhas, mas também os dias e momentos da família que mora nesta casa. Feitas as contas, ficamos a conhecê-la muito melhor… A autoria é de Isabel Minhós e Madalena Matoso.

 

 

album de familias.jpeg

Álbum de Famílias

Este livro fala-nos do que é uma família e do que ajuda uma família a ser feliz. A publicação, lançada em 2017, apresenta, através de vários exemplos, histórias de crianças que vivem com ambos os pais, ou apenas com um deles; crianças que alternam entre a casa da mãe e a casa do pai, ou que vivem com outros familiares; crianças acolhidas em famílias ou em instituições; crianças adoptadas ou que têm dois pais ou duas mães. Foi escrito a meias por Rute Agulhas e Susana Amorim. As ilustrações são de Inês do Carmo. A editora é a Booksmile.

 

Sofia Seno

Marta Santos