Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

União Europeia quer ser zona de liberdade LGBT+

European Union LGBT free zones.jpg

Segundo uma notícia publicada na página da internet “PinkNews”, a União Europeia poderá ser declarada como uma “zona de liberdade LGBT+” como forma dos seus membros se unirem contra o regime homofóbico existente na Polónia.

 

No próximo dia 10 de Março será debatido pelo Parlamento Europeu uma resolução que visa tornar formalmente a União Europeia uma “zona de liberdade LGBTQI”, contando com o apoio de elevados escalões do governo.

Esta resolução surge como forma de marcar o segundo aniversário da primeira “zona livre de LGBTI” criada na Polónia e que se veio a estender por várias zonas do país, existindo actualmente em cerca de um terço da Polónia.

Apesar de não se saber ao certo que efeitos esta resolução irá ter sobre as “zonas livres de LGBT” já existentes, esta surge para mostrar a influência cada vez menor da Polónia na União Europeia que permanece isolada dos seus países vizinhos devido ao seu ódio homofóbico e também para mostrar apoio por parte do Parlamento Europeu a todas as pessoas, organizações e activistas LGBTIQ e aos seus direitos.

A resolução também se apresenta como um sinal para os políticos eleitos e para os governos de que qualquer forma de discriminação contra a comunidade LGBTIQ não está em conformidade com os valores europeus.

Quinta-feira, dia 11 de Março, a resolução será votada e há expectativas de que esta seja adoptada por grande parte dos Estados membros, marcando dessa forma uma diferença clara entre a União Europeia e a crescente homofobia na Polónia, que acabou por se normalizar.

 

Tatiana Portela

Fonte: PinkNews

 

Notícia actualizada a 10 de Março com datas da discussão e votação da resolução