Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Ellen Page entrevista polícia assassino de gays. Mesmo assim diz-lhe que é lésbica

ellen-page-viceland-gaycation.jpg

O programa ”Gaycation”, traz Ellen Page e Ian Daniel como dois dos protagonistas de um conjunto de documentários que vão abordar diversos temas. A orientação sexual, imigração, violência religiosa contra as mulheres e combate à pobreza são algumas das questões abordadas.

Durantes as gravações, Ellen e Ian estiveram no Rio de Janeiro e tiveram a oportunidade de entrevistar um suposto polícia carioca que diz ter orgulho de assassinar homossexuais. Nos trechos divulgados para a comunicação social a actriz começa por afirmar que o Rio “Apesar de parecer um lugar progressista e aberto sexualmente, as dificuldades que a comunidade LGBT sofrem podem ser horríveis”. O homem, que não teve o nome e rosto identificados afirma que "Para mim ele [o homossexual] é pior do que o bicho. Todo chiqueiro tem que ser limpo. Se entrar na minha frente eu pego [ataco-o]". Mesmo temendo represálias, Ellen resolveu revelar a sua orientação sexual “Nós somos gays. Você acha que seria melhor para o mundo se estivéssemos mortos?”. O vídeo não mostra a resposta do polícia.

Quando questionada sobre o que sentiu ao realizar esta entrevista a actriz revelou que ficou tensa e aprensiva: “Provavelmente foi um dos momentos mais tensos e desesperantes que já vivi. No estado em que eu estava, só podia torcer, talvez ingenuamente, para que tudo acabasse bem”. Ian também não guardou boas memórias do encontro: “Estares frente-a-frente com alguém que diz que já matou pessoas como tu, e que vai fazer isso de novo, e que há outras pessoas como ele que matam pessoas como eu… É aterrorizante e terrível de se ouvir.”

Ellen Page assumiu a sua orientação sexual em 2014 e, dessa altura, tornou-se uma militante activa na defesa dos direitos LGBT.

”Gaycation” tem estreia prevista no mês de Fevereiro, na estação de televisão norte-americana Viceland, do grupo VICE.

(a partir dos 6'22)

ou aqui.

 

Carlos Maia

2 comentários

Comentar