Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Lea T, a primeira supermodelo transexual da Givenchy

Nasceu com o nome de Leandro Cerezo e é filho do ex-jogador brasileiro de futebol Toninho Cerezo. Apesar de algumas críticas e da falta de apoio do pai, Lea T vingou no mundo da moda como modelo feminino. A supermodelo conta inclusive com o apoio das suas colegas brasileiras Gisele Bundchen e Adriana Lima, para se submeter à cirurgia de reassignação de sexo.

Lea T passou para as páginas da imprensa nos últimos tempos por ter sido escolhida para a nova campanha de Outono da marca francesa de roupa e cosméticos Givenchy.

Anteriormente Lea T já tinha trabalhado como modelo masculino e fora assistente de Ricardo Tisci, director creativo da conhecida marca de moda que em declarações à revista de moda “Women Wear Daily” afirmou que Lea é “muito feminina, super frágil e muito aristocrática. Já faz parte da família”. E acrescentou que ela quer continuar a seguir veterinária quando abandonar a carreira na moda. A supermodelo comentou que teve uma “epifania” quando Tisci a encorajou a usar saltos altos em público pela primeira vez.

Na última edição da Vogue francesa, Lea T apareceu nua, escondendo os genitais com a mão. Também a Vanity Fair italiana colocou em destaque a história de Lea abordando os preconceitos de que a modelo brasileira é vítima por ser transgénero.

 

                    

3 comentários

Comentar