Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Falta contar a história dos “anos da sida” em Portugal

rom livro.jpg

O encontro “dezanove ao vivo”, que decorreu esta sexta-feira no Centro LGBT, abriu com a participação de Rui Oliveira Marques, autor do livro “Histórias da Noite Gay de Lisboa”, editado pela Ideia Fixa em Março deste ano.

 

Big Mama: “O público tem reagido ao meu trabalho com um sorriso do tamanho do mundo”

 Big Mama.jpg

Chama-se Bruno Alves interpreta a Big Mama, tem 25 anos e vive no Porto. Estudou Marketing e trabalha numa loja no atendimento ao público. Big Mama levou ao rubro o público presente na 25ª Gala Abraço. No fim do espectáculo saiu com o troféu de vencedora da noite. Vamos conhecê-la?

 

 

 

“O fado é muito bicha e sempre foi, só faltava alguém pegar nele dessa maneira”

Fado Bicha Lila Fadista e João Caçador.jpg

"Lila é uma fadista com pêlo na venta e no peito também. Casaco tigresse puído e copo de vinho barato na mão. Batam palmas e cantarolem com ela que o fado também é transgressão e alvoroço” é uma das muitas descrições que encontramos sobre o mais recente fenómeno da música queer portuguesa: o Fado Bicha.

 

 

“Valentim de Barros é também a cara da resiliência”

Inês Marto.png

Valentim de Barros foi homenageado na 25ª Gala da Abraço. Em cima do palco o actor José Raposo e a escritora Inês Marto deram a conhecer a muitos dos presentes quem foi o bailarino português que passou quase quatro décadas encarcerado no Hospital Miguel Bombarda, em Lisboa, por ser homossexual.

5 momentos para recordar da Gala da Abraço 2017 (com fotos e vídeos)

Big Mama Gala Abraço.jpg

A Gala da Abraço voltou a revelar-se uma maratona de artistas a passar pelo palco do São Luiz. A cerimónia acabou à 1h30 da manhã depois de dezenas de artistas terem-se juntado à festa anual promovida pela associação. Aqui ficam 5 momentos altos.

 

Novo livro de Pedro Michel Parks sobre fé, orientação sexual e Segunda Guerra Mundial

 

Imagem 1 (1).png

“O Amor em Tempo de Trevas” é o título do primeiro romance LGBT escrito em português por Pedro Michel Parks. Com um ponto de partida ligado à religião católica, o autor conta-nos a história de Klaus, um jovem alemão de 19 anos que namora com Mihael, um judeu, de 18 anos, em segredo.