Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

Em Portugal e no Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

SilvReduX, um chá detox arco-íris contra o preconceito

silvredux chá

A ideia partiu de Hugo Silva Barbosa, formado em medicina integrativa (homeopatia, acupuntura e naturopatia): um chá detox versão arco-íris que ao mesmo tempo acompanha o seu lançamento em Portugal com uma campanha anti-preconceito. O chá SilvReduX surge como uma opção natural através da acção fitoterapêutica das plantas adaptogénicas no nosso organismo. O lançamento da versão arco-íris ocorreu no passado dia 17 de Julho sob o mote "detox ao corpo e à alma; partilha o amor".

 

 

O doce mundo de um Sugarboy: "Desde que os dois concordem, não há espaço para críticas".

foto contexto MGSD.png

Num elegante bar em Düsseldorf, no meio a cocktails exclusivos e muito luxo, conheci o Jan, um "Sugarboy" de 25 anos que parece aproveitar a vida ao máximo. Fui recebida por esse belo estudante de enfermagem com um sorriso radiante. O seu charme cativante atrai a todos imediatamente e, durante a hora seguinte, ele contou-me sobre sua vida empolgante desde que passou a conviver com Sugar Daddies. 

Por linhas demasiado tortas

joão barbosa

O ano passado, no que poderia ser chamado “o mês da vergonha”, que se seguiu ao Mês do Orgulho, tive oportunidade de referir que, como uma alegoria para o fenómeno mental da dissonância cognitiva, era vergonhoso pensar-se em dar (literalmente) palco a um mega-evento da Igreja Católica Apostólica Romana (vulgo ICAR), ao mesmo tempo que se começava a falar dos resultados preliminares da comissão independente de inquérito (projectoDar Voz Ao Silêncio”) sobre o drama das crianças abusadas por essa mesma instituição, num artigo em que listei muitas das razões pelas quais considero a ICAR como a fonte moral de praticamente todos os preconceitos contra mulheres e minorias no Ocidente, muito em especial a comunidade LGBTQIA+.

 

CIG e o caso Maria Botelho Moniz: perpetuam-se "ideias sexistas” e o preconceito contra as mulheres

imagem 1  (1).jpg

Apesar de já estar a ser analisada pela ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social), a crónica de Alexandre Pais intitulada “A imagem é tudo” publicada no Correio da Manhã, no dia 1 de Abril, a CIG (Comissão para a Igualdade e Cidadania) revelou ao site delas.pt que ainda não recebeu nenhum tipo de reporte sobre as críticas tecidas à imagem corporal das apresentadoras Cristina Ferreira e Maria Botelho Moniz. 

 

Eh pá, calem-se lá um bocadinho, se fazem favor

João Barbosa

Portugal é um país que viveu durante muito tempo à sombra da ideia que é um país de "brandos costumes". Com isto, queria dizer-se que Portugal é um país tolerante. Mas isso é um mito que cresceu paralelamente ao significado real da expressão.

 

"A Campânula de Vidro" de Sylvia Plath 

 campânula de vidro

The Bell Jar ou, na versão portuguesa, "A Campânula de Vidro", editado pela primeira  vez em 1963, em Inglaterra, é o único, ainda que polémico, romance de Sylvia Plath.  Assinado com o pseudónimo de Victoria Lucas, este romance mostra um estilo único de  expressão literária pela combinação ficcional e autobiográfica dos episódios e  personagens narradas.

 

O discurso de ódio não é liberdade de expressão

discurso de ódio lgbti daniel morais

Estamos no mês do orgulho LGBTQI+, um mês em que por todo o mundo são diversos  os eventos que celebram o orgulho e cultura LGBTQI+. São também, neste contexto de  celebração da diversidade, das lutas e direitos alcançados, que surgem inúmeras  expressões de intolerância e de ódio contra o reconhecimento legal das pessoas  LGBTQI+. 

Portugal, not so LGBTQ friendly destination

César Lourenço

É uma realidade incontornável. Sim, temos um país bonito, com tudo o que de melhor um país pode ter e que todos sabemos: montanhas, praias, planícies, património, história, cultura, gastronomia, fauna e flora, um povo hospitaleiro e simpático.

Tomás Castro Neves: "a sexualidade não tem de ser o cerne da questão no que se associa ao corpo nu"

tomás castro neves entrevista

Tomás de Castro Neves nasceu em 1995, em Lisboa, e rumou a Norte para ingressar no curso de Arquitetura na Universidade do Porto e desde então tem-se afirmado como ilustrador e artista, com forte presença no Instagram
 
 

Série LGBTI "Ficou tudo bem" sucede a "Já Melhorou"

Ficou tudo bem

Já foi gravada a primeira temporada da série LGBTQI+ “Ficou Tudo Bem”. As gravações ocorreram no final de Janeiro dando assim continuidade à série online gravada em 2016 promovida pela associação Tudo Vai Melhorar.