Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Portugal, not so LGBTQ friendly destination

César Lourenço

É uma realidade incontornável. Sim, temos um país bonito, com tudo o que de melhor um país pode ter e que todos sabemos: montanhas, praias, planícies, património, história, cultura, gastronomia, fauna e flora, um povo hospitaleiro e simpático.

Tomás Castro Neves: "a sexualidade não tem de ser o cerne da questão no que se associa ao corpo nu"

tomás castro neves entrevista

Tomás de Castro Neves nasceu em 1995, em Lisboa, e rumou a Norte para ingressar no curso de Arquitetura na Universidade do Porto e desde então tem-se afirmado como ilustrador e artista, com forte presença no Instagram
 
 

Série LGBTI "Ficou tudo bem" sucede a "Já Melhorou"

Ficou tudo bem

Já foi gravada a primeira temporada da série LGBTQI+ “Ficou Tudo Bem”. As gravações ocorreram no final de Janeiro dando assim continuidade à série online gravada em 2016 promovida pela associação Tudo Vai Melhorar.

 

Homossexuais no Futebol: Douro Bats, "a equipa que nos aceita como somos"

Douro Bats

Homossexuais no futebol: É um dos maiores tabus da sociedade portuguesa. No país que "vive" para o futebol está a surgir uma equipa  que joga contra o preconceito e onde, precisamente, a orientação sexual não é um factor tabu.

 

Zé Manel: "Ninguém é responsável pela sua felicidade além de si e ser feliz exige alguns sacrifícios"

ZM04.jpg

Zé Manel, uma voz (e cara!) bem conhecida do panorama musical português é, sem dúvida, uma das pessoas de relevância que nunca podemos esquecer de referir no que toca à voz activa de direitos LGBTQIA+. Os seus dois EP’s, expetativa (lançado a 30 de Outubro de 2020) e realidade (lançado a 27 de Agosto deste ano) chegam até nós, agora, como um só.

 

#SÓQNÃO: é hora de salvar a sociedade do preconceito

IMG_20211201_191058.jpg

Após duas temporadas, o projecto #SÓQNÃO está de volta para dar voz aos outsiders que são vistos como “não normais” pela sociedade. Em pouco mais de dez minutos por episódio, esta temporada consegue, em quatro dos dez episódios, dar representatividade  à comunidade LGBTQ+ e destaque ao não-binarismo, bissexualidade e à temática trans. 

 

 

Um fado que quer combater preconceitos. Fado é Amor por Luís Manhita (com vídeo)

Luis Manhita.jpg

A 10 de Julho foi lançado o novo vídeoclipe "Memória Apagada", do fadista algarvio Luís Manhita, na plataforma Youtube. Este é um vídeoclipe que quer combater preconceitos, em que se foge ao cliché de ser um casal heterossexual apaixonado: Fado é amor. E amor é amor.

 

Homofobia, preconceito, discurso de ódio e misoginia

Helena Ferro de Gouveia.png

Pensei muito, muito mesmo antes de escrever o que vou escrever, porém quero e preciso de o fazer para que a intimidação, a ameaça, o silenciamento, o bullying não triunfem.

 

A roupa não tem género. Alunos de Cascais usaram saia contra o preconceito

alunos de saia

Em Cascais, na Escola secundária de Carcavelos e na Escola Miguel Teixeira Gomes, os alunos foram convidados a usar saia contra o preconceito esta sexta-feira, 14 de Maio.

A pequena Letícia tem uma grande mensagem para os que odeiam Pabllo Vittar (com vídeo)

 Leticia Pabllo Vittar.jpg

Pabllo Vittar anda nas bocas do mundo depois do videoclipe 'Sua Cara' em que participa com Anitta (Show das Poderosas) ter batido recordes no Youtube (já vai em 94 milhões de visualizações em duas semanas).

Médico Gentil Martins sobre homossexualidade: "É uma anomalia, é um desvio de personalidade. Como os sadomasoquistas ou as pessoas que se mutilam"

gentil martins.jpg

Na edição desta semana do semanário Expresso o conhecido médico português volta a tecer considerações sobre as pessoas LGBT. 

Na entrevista o médico-cirurgião, de 87 anos, comenta a propósito da homossexualidade: "Se me perguntam se é correcto? Acho que não. É uma anomalia, é um desvio de personalidade. Como os sadomasoquistas ou as pessoas que se mutilam".