Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Q Revolt e Lisboeta Italiano juntos em exposição no Dia Internacional do Coming Out

TOMI.jpg

Os dois artistas lusos vão juntar-se para uma exposição sobre a visibilidade da população LGBTI. A inauguração é no dia 11 de Outubro, Dia Internacional do Coming Out, no Centro LGBT, em Lisboa. A exposição está patente até 27 de Outubro.

 

 

Os melhores de 2017 (e algumas desilusões)

 

PREMIOS DEZANOVE 2017.png

Pelo oitavo ano consecutivo voltamos a premiar os melhores, mas também não nos esquecemos dos piores do ano. Distinguimos as personalidades e acontecimentos que marcaram o panorama LGBTI ao longo de 2017, depois de termos analisado mais de 400 artigos escritos nos últimos 12 meses.  

Fica a conhecer os vencedores dos prémios LGBTI mais completos do país:

 

Kevin Spacey, ser gay não é para as ocasiões

Leonardo Rodrigues.jpeg

Ontem, assim que acordei, percebi que se calhar o vilão Francis Underwood e Kevin Spacey não são assim tão diferentes. Digo isto por um motivo apenas, tentou criar uma diversão mediática para algo injustificável como é o assédio sexual, o que é agravado por ter sido dirigido a um menor.

 

 

Identidade e opressão

banner opiniao_Samuel F Pimenta.png

Graça Fonseca, Secretária de Estado da Modernização Administrativa, falou abertamente da sua homossexualidade numa entrevista. Se vivêssemos num mundo ideal, sem estigmas e violência, nada disso importaria. Mas ainda é necessário falar de homossexualidade, não numa lógica de quem faz o quê com quem (isso é da esfera íntima), mas na óptica da identidade (essa da esfera pública), tal como é necessário falar da identidade cultural, religiosa, étnica, ou outras que são alvo do preconceito da sociedade. E sempre com a consciência de que essas identidades são apenas uma dimensão do que se é na totalidade enquanto indivíduo. Como a própria Graça Fonseca afirma na entrevista ao DN, «na verdade não é uma questão da privacidade, é uma questão de identidade. Que é dizer “eu sou morena e tenho olhos verdes e sou isto”. Aquilo que se faz com ser morena e de olhos verdes é que é uma questão da tua vida privada.»

 

A primeira política portuguesa que assume ser homossexual

Graça Fonseca.jpg

Graça Fonseca, secretária de Estado da Modernização Administrativa, deu uma extensa entrevista ao Diário de Notícias. Fonseca, uma das responsáveis pelo Simplex e pelo Orçamento Participativo de Portugal aborda, entre outros, o tema da discriminação. Na entrevista, conduzida por Fernanda Câncio, Graça Fonseca assume ser homossexual e explica o por quê da importância desta afirmação política.

 

Ricardo e Henrique: um novo casal homossexual para acompanhares em "Amor Maior" (vídeos)

casal gay amor maior sic henrique e ricardo tiago

A telenovela do horário nobre da SIC mostrou esta quarta-feira os desenvolvimentos da história entre Ricardo (Tiago Teotónio Pereira) e Henrique (Tiago Aldeia). Ambos são apanhados na cama pela vilã da novela, Francisca (Inês Castel-Branco) que chantageia o primo por causa da sua orientação sexual.

Kristen Stewart: "Estou completamente apaixonada pela minha namorada"

Elle-Setembro-2016.jpg

Numa entrevista dada à revista Elle do Reino Unido, Kristen Stewart fala pela primeira vez da sua namorada, a produtora Alicia Cargile. A actriz americana protagoniza a capa de Setembro, que a par do cantor Zayn Malik e das actrizes Amandla Stenberg e Hari Nef (da série "Transparent") são considerados "ícones da mudança".

As cores contemporâneas de "A Canção de Lisboa" (com vídeos)

A Canção de Lisboa_2.jpg

4star800.jpg

 

 

 

Após o remake dos filmes “O Pátio das Cantigas" e “O Leão da Estrela”, ambos de 2015 e de Leonel Vieira, é a vez de “A Canção de Lisboa” (2016), de Pedro Varela, ter tudo para ser um sucesso. O filme mantém alguns traços da película original, de 1933, realizado por José Cottinelli Telmo, preservando o que fez dele o primeiro filme de comédia português e a característica das três personagens principais Vasco Leitão, Alice e José Caetano, trazendo-lhe uma roupagem diferente, adaptando-se às cores contemporâneas.

 

Rui Maria Pêgo: "Esses paneleiros são iguais a ti que estás a ler isto"

opiniao Rui Maria Pego.png

O apresentador de televisão e locutor de rádio, Rui Maria Pêgo, filho da também apresentadora Júlia Pinheiro, resolveu sair do armário com uma mensagem partilhada no seu perfil de Facebook. Na sequência do massacre de Orlando, Rui Maria Pêgo faz uma reflexão sobre as vítimas. No decorrer do texto, escreve a dada altura: "Coincide gostar de homens. Mas gosto mais de que toda a gente possa ser o que quiser, onde quiser, de que forma quiser, sem esperar um balázio na testa." Já no seu programa "Filho da Mãe" no Canal Q, o apresentador tinha deixado em aberto por diversas vezes a sua sexualidade. Reproduzimos aqui, com autorização do apresentador, a mensagem que deixou no Facebook.