Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Noite de concerto: Lynn BreedLove + Anarchicks = <3

musc box.jpeg

Riot Grrrl in the streets, Punk in the sheets. Vão ambos de mãos dadas: resistência a um mundo que nos quer espezinhar, reduzir a caixinhas fechadas e sofucantes. Que nos abafa a voz, na sociedade como na música. Mas nós, nós vamos cantar e gritar, bem alto.

 

 

Deputada Sandra Cunha admite ser homossexual

Crédito: Esquerda.net

É a primeira deputada mulher em Portugal a admitir abertamente a sua homossexualidade. Depois de Miguel Vale de Almeida e Alexandre Quintanilha, Sandra Cunha,  eleita pelo Bloco de Esquerda, torna-se na primeira deputada  lésbica que fala publicamente sobre a sua orientação sexual.

 

 

 

Cenas lésbicas em “Jogo Duplo”: "Devia ser comum e normal, como o é com um homem e uma mulher" (com vídeo)

 

lésbicas em jogo duplo.jpg

A nova novela da noite da TVI, "Jogo Duplo", apresentou cenas lésbicas entre as actrizes Jani Zhao e Anna Eremin, que interpretam os papéis de Susana Wang e Cátia Sobral, respectivamente.

 

 

A primeira política portuguesa que assume ser homossexual

Graça Fonseca.jpg

Graça Fonseca, secretária de Estado da Modernização Administrativa, deu uma extensa entrevista ao Diário de Notícias. Fonseca, uma das responsáveis pelo Simplex e pelo Orçamento Participativo de Portugal aborda, entre outros, o tema da discriminação. Na entrevista, conduzida por Fernanda Câncio, Graça Fonseca assume ser homossexual e explica o por quê da importância desta afirmação política.

 

Séries da RTP abordam temática LGBT

Dentro Série RTP.png

Desde Setembro que a RTP1 mudou a sua grelha de programação para o horário nobre. Deixou de apostar nas tradicionais telenovelas e apostou em séries distintas e de temas diversificados. Duas destas séries emitidas de terça a sexta-feira abordaram no seu enredo a temática LGBT.

 

 

Mulheres Negras Lésbicas e Bissexuais de Lisboa: "Apesar da nossa total invisibilidade em todos os espaços, nós existimos"

Colectivo Zanele Muholi.jpg

Já passaram alguns meses desde a Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa. Quem esteve presente não deve ter esquecido ainda os momentos do discurso poderoso e arrebatador das mulheres negras lésbicas e bissexuais de Lisboa.  E quem não foi à marcha e não sabe do que estamos a falar? E quem quer saber mais sobre estas guerreiras que com determinação e um sorriso enorme levam o activismo na voz e na alma? Respondemos a estas questões com uma entrevista conjunta às responsáveis pelo Colectivo Zanele Muholi: