Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

Em Portugal e no Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Greta Edições lança 'Onde é que elas andam?' - uma compilação de textos de mulheres e pessoas lésbicas

greta livro

A livraria Greta apresenta a Greta Edições com o lançamento do livro "Onde é que elas andam?", uma compilação de textos escritos por mulheres e pessoas lésbicas, com organização de Alexa Santos.

 

"Guia para Lésbicas num Colégio Católico", a primeira publicação da Secret Society

guia para lésbicas

"Guia para Lésbicas num Colégio Católico" de Sonora Reyes, é a primeira publicação da Secret Society, um selo editorial YA (Young Adult) da Penguin Random House Grupo Editorial em Portugal. Um mundo onde podes ler autores como Adam Silvera, Holly Black, Nina LaCour, Tahereh Mafi e muitos outros.

 

 

Assembleia Geral do Clube Safo elege novos órgãos sociais

clube safo

No passado dia 2 de Março de 2024 (sábado), decorreu em Leiria, no Hotel TRYP, a 16ª Assembleia Geral do Clube Safo, tanto em formato presencial, como online. Importa recordar que o Clube Safo é, até ao momento, a única associação em Portugal que actua na defesa dos direitos de mulheres lésbicas (1). 

 

"Se não és lésbica, como é que te chamas?" de Alice Azevedo em cena no TBA

lésbicas tba

A peça "Se não és lésbica, como é que te chamas?" de Alice Azevedo estará em cena entre 21 e 24 de Fevereiro às 19h30 na Sala Principal do Teatro do Bairro Alto, em Lisboa.

 

 

"Uma história, de amor, mentiras, traição e compreensão, que, por acaso, ou talvez não, se passa entre mulheres lésbicas"

amo-te-mais-do-que-te-posso-dizerSL47486-scaled.jpg

Amo-te mais do que te posso dizer é o romance de estreia da autora A.M. McAndrew. Tendo como pano de fundo a cidade de Barcelona, conta-nos a história do casal Charlotte e Elena. Por circunstâncias diversas, que poderiam ser as nossas ou a de qualquer casal, a história desenrola-se culminando num triângulo amoroso. Numa escrita sagaz e na primeira pessoa, A.M. McAndrew pretende com o seu primeiro romance afirmar-se no universo da literatura LGBTQIA+. 

 O dezanove.pt foi conversar com  autora:

 

Elisa e Marcela, em banda desenhada por Xulia Vicente 

Xulia-Vicente-Elisa-y-Marcela-cubierta-web-1.jpg

“Ano de 1884. Elisa está a preparar-se para ser professora na Escola Normal da Corunha, e aí  conhece Marcela. O que começa como uma grande amizade transforma-se numa paixão sem limites  que levará as duas jovens a desafiar todas as normas sociais. Não é a história de um “casamento  sem homem”, como a imprensa da época o descreveu, mas uma história de amor e liberdade para  além das fronteiras e das convenções.” - Xulia Vicente, Elisa e Marcela (La Cupula, 2023) 

Audre Lorde - Ser mulher, negra e lésbica

 Audre Lorde

Audre Lorde (1934-1992) nasceu em Nova Iorque, filha de pais imigrantes oriundos da região do Caribe. Passou a infância em Harlem, onde experienciou o racismo ao ponto de, na rua, pessoas de pele branca lhe cuspirem por ter a pele escura. Em casa, o ambiente familiar era de grande disciplina, muitas vezes exercida através de castigos físicos. As dificuldades que a cor de pele, o peso acima do padrão e a miopia grave lhe traziam não a impediram de ser uma das melhores alunas da turma na escola. À medida que a sua irreverência foi crescendo, deixou de conseguir coabitar com a disciplina imposta pelos pais. Aos 17 anos, depois de concluir o ensino secundário, decidiu sair de casa e foi viver para Stamford. Partilhou casa e teve vários trabalhos precários para conseguir pagar as despesas, que incluíam os estudos que frequentava paralelamente na universidade.

Adrienne Rich e a existência lésbica

daniela alves ferreira

Há algum tempo, assumi uma paixão por Monique Wittig. Felizmente, já me libertei da moral monogâmica, pelo que posso hoje assumir, sem peso na consciência, uma paixão paralela por Adrienne Rich. Nascida em 16 de Maio de 1929 nos Estados Unidos, filha de uma mãe pianista e de um pai médico de origem judia que a incentivou a estudar e escrever em nome próprio. Rich foi escritora, poetisa, professora e activista feminista lésbica.

O Triângulo TVI: No Domingo ganhou a representatividade

banner opiniao_SaraSalgueira.png

Ao longo de três meses a TVI presenteou o seu público, com mais um reality show. Prometeram que ia ser diferente e foi. Não na forma ou conteúdo, mas nas pessoas. Durante muito tempo, fomos engolidos por casais criados em contexto de jogo, todos eles hetero, que ou funcionam depois da saída ou terminam, assim como na vida no geral. 

Mariana Mortágua assume publicamente "Sou uma mulher lésbica"

Mariana Mortágua

Mariana Mortágua, deputada e candidata à liderança do Bloco de Esquerda assumiu, no habitual comentário na SIC Notícias, tendo começado a intervenção por recordar o arquivamento do processo judicial que lhe tinha sido movido e lamentar estar a ser alvo de uma “perseguição política” crescente.

 

"Mórmon nunca mais"

lesbian mormon love story

Um documentário lançado pelos estúdios ABC, disponível na Disney+, acompanha a vida de Lena e Sal, duas mulheres com quatro e três crianças, respectivamente, fruto de casamentos anteriores, com homens que também pertenciam à igreja mórmon. Depois de se conhecerem, perceberam que nunca tinham questionado a sua orientação sexual e que existia uma reciprocidade na atracção que sentiam.

 

Este dia na História: em 1902 nasce Maria Henriqueta, «fruto do amor» de Elisa e Marcela

elisa e marcela henriqueta

A citação do título é do Jornal de Notícias, o periódico que mais atentamente acompanhou o caso das duas espanholas unidas no célebre “casamento sem homem”, em 1901. Recentemente, foi descoberto no Arquivo Distrital do Porto o documento que comprova o nascimento de Maria Henriqueta, filha de «pai incógnito», mas, afinal, do amor de Elisa e Marcela.

 

 

O L da sigla LGBTQIA+ ainda é invisível 

 visibilidade lésbica

Ao olharmos para a nossa história concluímos que tem havido um progresso ao longo  do tempo, devido à incessante luta das mulheres pelas conquistas dos seus direitos.

 

 

Miss Argentina e Miss Porto Rico anunciam casamento após dois anos de namoro em segredo

miss argentina e miss puerto rico lésbicas

A Miss Argentina, Mariana Varela e a Miss Porto Rico, Fabiola Valentín, anunciaram o seu casamento através de um vídeo partilhado nas redes sociais e após dois anos de namoro em segredo.