Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Pela primeira vez no Funchal afirmou-se a visibilidade das pessoas LGBTI (com vídeos)

Funchal Pride 2017.jpg

A primeira marcha do Orgulho LGBTI do Funchal reuniu cerca de 300 pessoas.

Sob o mote “Viver na Diversidade, contra a discriminação”, a Madeira recebeu este Sábado a sua primeira iniciativa do Orgulho LGBTI+ que incluiu vários momentos: um seminário, uma manifestação pacífica, um arraial e uma after-party.

Portugal em protesto contra campos de concentração para homossexuais na Tchetchénia

chechnya100.jpg

Lisboa, Porto e Funchal vão estar unidas contra a situação que tem sido denunciada nos últimos dias por associações de defesa dos direitos das pessoas LGBT, pelos media internacionais e até pelas Nações Unidas.  

 

 

Agenda para 17 de Maio, o Dia Nacional Contra a Homofobia e Transfobia

Dia Homofobia Transfobia 17 de Maio.jpg

A 17 de Maio de 1990, a Assembleia Geral da Organização Mundial de Saúde decidiu retirar a homossexualidade da sua lista de doenças mentais. Em vários países o feito foi saudado e passou a ser assinalado o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia e Transfobia.

“Descobri que tinha VIH aos 18 anos”

 

Descobriu aos 18 anos que vivia com o VIH. Hoje tem 22 anos e quis partilhar com os leitores do dezanove.pt a sua história. Pedro (vamos chamar-lhe assim, já que este jovem pretende ver a sua identidade preservada) anseia dar voz à sua luta contra o preconceito, contra o estigma e pela prevenção das várias infecções sexualmente transmissíveis (IST) junto da população LGBT+.

O vírus existe diariamente, mas nem sempre as reportagens, artigos ou entrevistas captam tanta atenção como hoje: o Dia Mundial da Luta Contra a SIDA.

Tatiana Vieira: “A minha cirurgia foi alterada de médica para cosmética. Só pode ser feita no privado. Não devia ter de pagar para ser quem sou”

tatiana.jpg

Tatiana Vieira, tem 24 anos e é natural do Funchal. Em entrevista ao dezanove, explica o processo de mudança de sexo e revela por que foi obrigada a desistir da cirurgia. “A cirurgia foi alterada de médica para cosmética, algo que só podia ser feito no privado. Como não tenho dinheiro para isso, desisti”, conta. Agora toma hormonas, sem assistência médica, para tentar alterar o seu corpo. “Eu sei que isso não se deve fazer até porque não é recomendado, mas decidi retomar às hormonas”. A reacção dos familiares e amigos, episódios de discriminação e a vida LGBT na Madeira são outros dos temas abordados.

 

Relato na primeira pessoa de agressão homofóbica no Funchal

vítima de bullying homofóbico na Madeira.jpg

Murros na boca e pontapés na cara. Diogo R., 16 anos, acabou estendido no chão, desmaiado e a sangrar. Acabou por ir parar ao hospital. A agressão ocorreu na passada quinta-feira, junto à escola secundária Jaime Moniz, no Funchal.

Festa do Cinema Italiano homenageia as famílias (vídeos)



Todos acreditamos saber o que é a família. Todos temos uma família, ou mais do que uma, todos estamos presentes nos almoços e jantares de família, cansamo-nos, comemos demasiado e aborrecemo-nos, prisioneiros da ténue melancolia que essas reuniões nos deixam colada à pele como uma nuvem de poeira.