Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

“Não o faz sentido aprovar o casamento e não aprovar os outros direitos. Chega de sermos só as duas e a gata”

PMA.jpg

A lei portuguesa sobre a procriação medicamente assistida (PMA) obriga muitas mulheres a atravessar fronteira até à vizinha Espanha para terem acesso a estas técnicas sem qualquer tipo de restrição. É este o ponto de partida da reportagem “Fronteira da hipocrisia”, transmitida no último Repórter TVI.

Sevilha é uma das cidades mais procuradas pelas mulheres portuguesas que não podem recorrer à inseminação artificial no seu país, sejam elas homossexuais ou heterossexuais, casadas ou solteiras. A reportagem acompanha o caso de Márcia Santana e Ana Santana da Silva, que se casaram em 2011, e que têm vontade de alargar a família. “Não o faz sentido aprovar o casamento e não aprovar os outros direitos inerentes ao casamento. Chega de sermos só as duas e a gata”, criticam. A reportagem conta ainda com o depoimento de Isabel Advirta, presidente da ILGA, entre vários deputados e outras mulheres que optaram por ir a Espanha. Em Portugal a PMA só está acessível a casais de pessoas de sexo diferente, que tenham contraído matrimónio. Vê aqui a reportagem completa.