Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Isilda Pegado lança petição para rever as “leis fracturantes de Sócrates”

A presidente da Federação Portuguesa pela Vida (FPV) vai lançar uma petição para que sejam revistas as chamadas "leis fracturantes" aprovadas nos últimos anos pelos ex-governos de José Sócrates.

Em causa estão as leis da reprodução artificial, interrupção voluntária da gravidez, divórcio, educação sexual, casamento entre pessoas do mesmo sexo e mudança de nome e sexo. Estes seis diplomas são os alvos da petição a ser lançada esta sexta-feira no congresso da FPV. “É altura de as mudar, é altura de olharmos para a destruição que elas têm causado na sociedade”, afirmou esta quarta-feira Isilda Pegado num debate da Rádio Renascença.

Isilda Pegado garante que a FPV tem o apoio de várias personalidades públicas contra as “leis fracturantes” criadas pelos governos socialistas. Segundo a ex-deputada e advogada a crise económica que o país atravessa tornou-se mais agravada e com custos brutais para a sociedade devido a estas leis. No que respeita à lei do divórcio a presidente da FPV sustenta que a lei “está a destruir o país e está a ter custos muito grandes na segurança social”. Sobre a “lei do aborto” Pegado defende que num país com cada vez menos crianças, “o Estado não pode continuar a financiar o aborto livre e a pedido”.

 

Já segues o dezanove no Facebook?

4 comentários

Comentar