Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

“Sense8”, a série sensação do Netflix que volta a dar que falar (com vídeo)    

sense8.jpg

“Sense8” é uma série norte-americana de ficção dramática, produzida e escrita por Lilly e Lana Wachowski, as irmãs do momento no mundo televisivo, e por J. Michael Straczynski. A dupla de irmãs já tinha produzido "Sem Limites" (1996) e "The Matrix" (1999). No entanto, nessa fase, apresentavam-se à indústria cinematográfica como Andy e Larry. Há três anos Larry assumiu-se como transexual, enquanto Andy acaba de o fazer publicamente, apresentando-se como Lilly.

Mas voltemos à série, cujo nome se apresenta como um trocadilho com a palavra inglesa “sensate”, ou seja, alguém com apelos sensoriais, conta, na primeira temporada, com 12 episódios, tendo sido lançada no streaming Netflix em Junho de 2015.

A série relata a história de oito desconhecidos, quase todos de diferentes países e culturas, que subitamente têm a visão da morte violenta de uma mulher chamada Angelica, descobrindo, nesse momento, uma conexão mental e emocional que os liga entre si, sendo capazes de sentir, comunicar e, até, apoderarem-se do conhecimento, linguagem e habilidades uns dos outros. Na descoberta desta misteriosa conexão e dos motivos que a criaram, surge um homem chamado John que os tenta ajudar, sendo “sensate” o nome dado a cada um deles por possuir esta conexão. Enquanto isso, outro homem de nome Whispers tenta caçá-los, usando o mesmo poder “sensate” para ganhar o acesso total à mente (pensamentos e visões) de cada um, através do olhar. Cada um dos 12 episódios reflecte sobre os pontos de vista de cada personagem e como interagem, enquanto as suas diferenças, experiências passadas e origens são aprofundadas. Um dos trailers de lançamento da série (ver vídeo) tornou-se viral graças ao conteúdo sexual insinuante. 

A série, que conta no seu elenco com nomes como Aml Ameen, Doona Bae, Jamie Clayton, Tina Desai, Tuppence Middleton, Max Riemelt, Miguel Ángel Silvestre e Brian J.Smith, nos principais papéis, recebeu um índice de 69 por cento de aprovação pelo agregador de críticas Rotten Tomatoes e uma pontuação de 63 em 100, tendo em conta a opinião dos 23 críticos do Metacritic. O consenso crítico do Rotten Tomatoes afirma que "alguns dos cenários beiram o ilógico, mas a diversidade dos personagens e as intercepções criativas entre suas histórias mantém ‘Sense8’ atraente".

Já os produtores explicam o aparecimento da série como resultado de uma conversa informal de fim de noite sobre como a tecnologia liga e separa ao mesmo tempo. Como explica J.Michael Straczynski, co-produtor, “nós começámos a falar sobre como a evolução envolve a criação de círculos cada vez maiores de empatia: cada um de nós pertence a uma família, e a uma tribo, em seguida, duas tribos ligam-se e queriam empatia… E assim continua através de vilas, cidades, estados e nações… E o que pensaria o mundo sobre as pessoas com esta capacidade? Será que iriamos abraçá-los ou caçá-los? Isto ia dar uma plataforma perfeita para uma série carregada de acção, grandes ideias, algumas acrobacias incríveis e que ninguém fez antes, para um público planetário”.  

Diogo Varela dos Santos