Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

O arco-íris vai andar nos pés dos jogadores do futebol inglês

Os futebolistas de Inglaterra e Escócia foram convidados a apoiar uma campanha que aborda a homofobia de forma original. A associação britânica de defesa dos direitos LGBT Stonewall enviou cinco mil pares de atacadores com as cores do arco-íris aos 92 clubes da Premier League e às 42 equipas profissionais escocesas.

 

A campanha intitulada “Right Behind Gay Footballers” pediu aos jogadores que usem os atacadores coloridos nos jogos dos dias 21 e 22 de Setembro. O foco da campanha é mais na mudança de atitudes ao invés de um pedido para os jogadores sairem do armário.

Laura Doughty, directora executiva da Stonewall declarou: “Está na altura dos clubes de futebol e os jogadores tomarem uma atitude contra a homofobia no desporto nacional. Ao usarem estes atacadores os jogadores enviam simbolicamente uma mensagem de apoio aos jogadores gay.”

No total vão ser distribuídos quase 3000 atacadores arco-íris contra a homofobia em terras de Sua Majestade.

Neste momento não existem jogadores assumidamente homossexuais nas ligas profissionais inglesa e escocesa. Robbie Rogers, ex-jogador do Leeds assumiu a sua homossexualidade no início do ano, após ter anunciado que ia retirar-se do futebol.

Até então apenas três futebolistas assumiram a sua sexualidade, Justin Fashanu em 1990 (que viria a suicidar-se alguns anos mais tarde), Anton Hysen em 2011, que se assumiu em entrevista a uma revista de futebol sueca e canadiano David Testo que disse estar arrependido de não se ter "assumido publicamente mais cedo”.

 

Lúcia Vieira

 

Já segues as notícias do dezanove no Facebook?