Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Portugal somou-se ao protesto mundial pelo respeito dos Direitos LGBT na Rússia

Mais de duas dezenas de pessoas estiveram presentes esta sexta-feira de manhã frente à Embaixada da Federação Russa em Lisboa. A presença teve como objectivo simbólico mostrar repúdio pelo desrespeito a que estão a ser sujeitas as pessoas LGBT na Rússia, depois de promulgada uma lei que impede a “propaganda homossexual” naquele país.

 

As forças da autoridade informaram os manifestantes que não era possível fotografar o edifício da embaixada e ter uma acção de protesto a decorrer naquele local. Depois de cumprido o fugaz beijaço os manifestantes decidiram desmobilizar.

Este protesto desta sexta-feira surgiu a nível internacional de forma a ocorrer em simultâneo em várias cidades. Madrid, São Paulo, Brasilía, Rio de Janeiro são apenas alguns dos locais onde os protestos estão a decorrer.

Vários episódios de ataques violentos a cidadãos LGBT na Rússia, como o ataque brutal a uma pessoa transexual esta semana ou um jovem que morreu na sequência de uma emboscada perpetrada por neonazis, estão a ser divulgados nas redes sociais e destacados pelos órgãos de comunicação social internacionais. Também várias figuras públicas internacionais estão a abordar o tema, desde a actriz Tilda Swinton, ao presidente dos Estados Unidos, passando pelo protagonista da série Prision Break.

 

Porque se fala de "propaganda" na Rússia?

O termo "propaganda" é a forma como está a ser definida qualquer forma de visibilidade LGBT, seja ela um simples andar na rua de mão dada entre pessoas do mesmo sexo ou participar numa manifestação do Orgulho LGBT, entretanto proibidas naquele território. O incumprimento da lei pode levar ao pagamento de multas e detenções.

 

Boicote e Jogos Olímpicos de Inverno em causa

Online está a decorrer uma campanha de boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, Rússia, previstos para 2014. A campanha pretende que o evento não se realize neste local enquanto não estiverem assegurados os Direitos das pessoas LGBT naquele país. Outra forma de protesto está a ser o boicote aos patrocinadores mundiais desta iniciativa bem como aos produtos e serviços russos.

 

Dia 8 de Setembro há novo protesto

Para o dia 8 de Setembro várias associações e colectivos de defesa dos Direitos LGBT estão a convocar uma nova manifestação no mesmo local. Lisboa somar-se-á mais uma vez a várias cidades mundiais pelo respeito dos Direitos Humanos na Rússia. 

 

Tudo o que o dezanove.pt já escreveu sobre a Rússia e os Direitos LGBT aqui.

 

Reportagem fotográfica de Horta do Rosário para dezanove.pt sobre o protesto aqui. 

4 comentários

Comentar