Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Miss Lane representa Portugal no concurso Miss Drag UK

Miss Lane Drag.jpg

A artista portuguesa “Miss Lane” é uma das finalistas do concurso “Miss Drag UK” que se realiza a 10 de Março, perto de Dover, no Reino Unido.  

Diogo Azevedo, de 24 anos, incorpora a personagem drag “Miss Lane”. Considera-se uma “Rainha pela diversidade” e foi precisamente no dia do seu 17º aniversário que fez a sua primeira transformação: "com o próprio cabelo que na altura era comprido, com apenas umas roupas que adquiri aqui e ali, tal como qualquer principiante” conta ao dezanove.pt.

“Inicialmente comecei por me vestir e sair para estabelecimentos nocturnos hetero e hetero-friedly, por achar que estaria no corpo errado. O que com o passar do tempo me fez realizar que não...isto era o que eu realmente queria, o que eu realmente era...Uma Drag Queen, o sentimento que me incorporava ao transformar-me ao revelar a Miss Lane era meramente mais do que uma simples boneca que eu gostava...Era eu mesmo!” explica. O nome drag surgiu da DC Comics, por ser amante de BD, adoptando o apelido da namorada Super-Homem (Lois Lane) que no seu entender pressupõe um sentimento de poder, alteza… “porque era o que realmente necessitava para me sentir bem, precisava de me sentir poderoso, altivo, confiante”.

Em Outubro de 2015 estreia-se como Miss Lane num concurso de novos talentos realizado no “Why Not?” ficando em 3º lugar e arrecadando um prémio simbólico de 20 euros.

Em 2018, foi a vez de conquistar o título de “Miss Congeniality” no “Miss Drag Lisboa” e de  colaborar na 26ª Gala Abraço”, onde interpretou um tema de Édith Piaf.

Embora apreciador de performances com Hip-Hop, considera-se versátil sendo tanto poppy como subtil, como uma verdadeira Miss: “Nasci assim e amo-me assim".