Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Nicha Cabral (1934-2020)

nicha.jpg

Faleceu Nicha Cabral, aos 86 anos. Foi o primeiro português a competir na Fórmula 1, fazendo por isso, parte da história do automobilismo português.

 

Em 2012, Nicha Cabral assumiu a sua homossexualidade no livro "O Terceiro Sexo", de Raquel Lito, tendo sido um dos poucos desportistas nacionais a fazê-lo até hoje.

Estreou-se na Fórmula 1 em 1959, no Grande Prémio de Portugal, disputado no Circuito de Monsanto, ao volante de um Cooper-Maserati.

Disputou duas corridas, em 1963 na Alemanha, em 1964, em Itália. Participou também em diversas corridas extra-campeonato de Fórmula 1. Em 1973, no GP de Portugal, em Fórmula 2, ficou em 8.º lugar, ao volante de um March, e no circuito de Benguela, em Angola, obteria a última vitória da sua carreira.

De acordo com o seu perfil na Wikipedia, terminada a sua carreira no automobilismo, no início dos anos 80, foi convidado para consultor da Ford Lusitana, dinamizando a escola de Fórmula Ford que funcionou no autódromo do Estoril, que formou pilotos como António Simões, Manuel Gião, Pedro Matos Chaves, Diogo Castro Santos e Pedro Lamy. Foi também empresário, co-proprietário de uma galeria de arte e antiquário.