Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Pedro Pina é o novo Vice-Presidente do YouTube na Europa, Médio Oriente e África

Pedro Pina.JPG

O YouTube anunciou hoje a nomeação do português Pedro Pina como Vice-Presidente do YouTube, responsável pelo negócio na Europa, Médio Oriente e África (EMEA).

 

Pedro Pina tem na sua bagagem mais de 30 anos de experiência como profissional de marketing global. Juntou-se à Google em 2013 como líder da equipa Global Client & Agency Solutions, onde foi responsável por uma equipa dedicada ao profundo envolvimento da Google com alguns dos maiores parceiros de publicidade do mundo, incluindo a Apple, BMW, Coca Cola, L'Oréal, Nestlé, P&G e a Samsung.

Em 2019, foi nomeado um dos 10 executivos LGBTQ+ mais influentes do Reino Unido pelos British LGBT Awards. No mesmo ano, alcançou o primeiro lugar na OUTstanding LGBT+ Role Model List, uma lista de executivos LGBT de referência no mundo empresarial que existe desde 2013.

Antes de se juntar à  Google, Pedro trabalhou na McCann Worldgroup, Sonae & France Telecom, Yum, PepsiCo e P&G. Pedro Pina  é licenciado pela Católica Lisbon School of Business and Economics e tem um MBA pelo INSEAD.

“Estamos entusiasmados com esta nova liderança e ter o Pedro como responsável  pela gestão do negócio do YouTube na Europa, Médio Oriente e África. O Pedro Pina traz consigo uma enorme variedade de experiências globais, regionais e nacionais que nos vai ajudar a permitir continuar a contribuir para o crescimento da economia criadora na EMEA e em todo o mundo. ” afirma Robert Kyncl, Chief Business Officer.

“Acredito que estamos a começar no que diz respeito ao que o YouTube pode trazer para a vida das pessoas e para o mundo. O potencial aqui na região é ilimitado, e a oportunidade de liderar a equipa para a nossa próxima fase de crescimento era muito boa para deixar passar”, salienta Pedro Pina Vice-Presidente do YouTube EMEA.