Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Esta marca de luxo portuguesa já veste actores porno gay internacionais

Pothos Underwear porn gay actors.jpg

Se estás habituado a ver actores porno gay sem roupa e com frio, a Pothos já está a tratar disso ao (ajudar a) vestir actores como Logan Moore ou Theo Ford (do site men.com) e Adam Russo agora Adam Keith (da Lucas Entertainment). A marca é 100% portuguesa, nasceu em 2017 na cidade berço e quer mudar mentalidades e quebrar preconceitos a nível mundial.

A Pothos pretende recriar o universo da lingerie feminina no underwear masculino, afirmando-se masculina, assertiva e muito ousada e altamente sofisticada. Destina-se maioritariamente ao mercado gay.

A gama disponível no site www.pothos.pt é inteiramente desenvolvida em Portugal com materiais portugueses. As peças são produzidas em malha de microfibra – micromodal - e as meshes são produzidas a partir de poliéster reciclado. A embalagem de luxo evita ao máximo o uso de plásticos, sendo que o único plástico presente é apenas o selo do sigilo da hang tag, explica ao dezanove.pt Filipe Falcão, director criativo da marca.

Aquando do lançamento "a receptividade não podia ter sido melhor dado que a primeira produção foi vendida em pré-reserva. Repetimos produção em Setembro de 2018, tendo decidido que deveríamos expandir a colecção no final de 2018 incluindo mais  nove modelos em novos estilos: jockstraps, tangas e boxer briefs, de acordo com o feedback que o mercado nos foi dando", comenta Filipe Falcão ao dezanove.pt.

pothos underwear.jpg

underwear pothos.jpg

Uma parceria estabelecida com a ILGA Portugal faz reverter 2% dos lucros das vendas online desta marca para a associação de defesa dos direitos das pessoas LGBTI em Portugal.

1 comentário

Comentar