Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Um vídeo poderoso pelo amor, aceitação e igualdade

Amy Song Matt Simons.jpg

Matt Simons, Amy Kuney e 40 pessoas da comunidade LGBTQ+  colaboram no videoclipe "Amy's Song" pelo direito a todos serem respeitados no seu amor.

Gravada por Matt Simons, “Amy’s Song” foi escrita em conjunto por Amy Kuney, Agrin Rahmanie e Matt Simons e tem por base a experiência de vida de Amy como uma mulher lésbica que cresceu numa comunidade cristã conservadora da América. A canção foca os temas do amor e da igualdade e desafia as pessoas a questionarem-se sobre as suas próprias crenças e a promoverem a aceitação e a igualdade.

O vídeo (que pode ser visto em www.amyssong.com) foi gravado no início deste Verão num só take e apresenta Kuney com mais 40 voluntários da comunidade LBGTQ+ holandesa cada um com a sua história.

Todas as receitas do vídeo serão doadas à ONU para apoiar iniciativas centradas nos direitos e no tratamento da igualdade de lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexuais em todo o mundo.

Realizado por Kris Pouw, o vídeo mostra membros da comunidade LGBTQ a segurarem em cartazes feitos de cartão escritos com partes da letra da canção, captando o conflito que muitos enfrentam em decidir entre se mostrarem ou manterem as suas identidades escondidas. Conforme a música avança, vão mostrando os rostos, os casais não escondem mais o seu amor e unem-se em solidariedade para mostrar quem são.

"Amy’s Song" é muito especial para mim. É a minha história como uma mulher gay que cresceu num ambiente cristão muito conservador, onde ser gay era considerado uma "escolha" e uma abominação. Eu sei que milhares de outras pessoas partilham desta experiência, ou lutas semelhantes e o que eu espero é que esta música possa oferecer conforto e esperança a todas elas. Matt Simons poderia ter escrito uma música sobre qualquer outra coisa no dia em que nos conhecemos para colaborarmos juntos, mas ele ajudou-me a escrever a minha própria história e está a usar a sua voz para que as pessoas a ouçam . Por isso, sou eternamente grata” disse Amy Kuney.

O cantor e compositor Matt Simons considera Amy  uma das pessoas mais corajosas que conhece: "Estou muito honrado por ter colaborado nesta música e é um privilégio chamá-la de minha amiga. Espero que a nossa música seja capaz de alcançar pessoas que se sentem marginalizadas pelas suas famílias e/ou comunidades e as ajude a sentirem-se um pouco menos sozinhas no mundo”. 

O último álbum de Matt Simons, "Catch & Release", levou-o ao topo com a bem-sucedida faixa-título, e o remix Deepend, que alcançou o #1 em toda a Europa. O seu último single, "We Can Do Better", já alcançou mais de 40 milhões de streams.